11/05/2022 às 19:12:51

O que fazer com os pertences de um ente falecido?

Perder uma pessoa querida não é fácil e enfrentar o momento de tratar dos pertences do familiar costuma ser uma tarefa dolorosa para muitas pessoas. Nós vamos te ajudar a lidar com essa responsabilidade da forma mais calma possível.

O que fazer com os pertences de um ente falecido?
Não apresse o processo de luto

Cada pessoa lida de uma forma diferente com o luto. Algumas sofrem mais, outras sofrem menos e cuidar de objetos pessoais da pessoa falecida pode ser desagradável em um primeiro momento, portanto, é necessário respeitar o tempo de cada um.

É comum que a família e amigos próximos da pessoa falecida ofereçam ajuda para esta tarefa, mas é importante que o próprio enlutado separe o momento ideal da decisão do que fazer com os pertences do ente querido. 

Esse processo é essencial para que outras pessoas não anulem os sentimentos do enlutado e não invalidem nenhuma emoção. Dessa forma, ele pode determinar tudo na hora certa. 

Outro passo importante é não isolar o quarto da pessoa falecida ou evitar de ir até a sua casa. Caso você não se sinta pronto, comece com pequenos passos. Deixe a porta do quarto aberta, entre em sua casa, ande por todos os cômodos e separe todos os álbuns de fotografias, mesmo que você não vá vê-las ainda. 

Separe, doe e guarde os pertences

É indispensável fazer a separação dos pertences da pessoa falecida. Você pode começar jogando fora tudo o que não for mais necessário, como caixas de remédio e papéis guardados. Lide primeiramente com os objetos mais fáceis, para depois lidar com os de maior valor. 

Alguns pertences do falecido podem não ser interessantes para você, mas serão para outros familiares e amigos, como móveis, jogos de porcelana, roupas e jóias. No caso da pessoa falecida ter deixado um testamento, siga-o e entregue os objetos destinados às pessoas selecionadas. 

Alguns artigos que podem ser doados após o falecimento de alguém são, normalmente, alimentos que não foram consumidos, produtos de higiene que estejam dentro da validade, livros, conjuntos de louça sem valor sentimental, calçados e roupas ainda em bom estado. 

Deixe para manusear os objetos com grande valor sentimental por último, já que os sentimentos ligados ao enlutado podem ser muito intensos. Guarde somente aquilo que realmente for importante e separe um novo espaço para tudo. 

Você pode separar todos os objetos que deseja guardar em uma caixa específica, respeitando as memórias do ente querido. Esta tarefa costuma ser realizada em uma fase mais avançada do luto, na qual o enlutado está passando pela aceitação ou readaptação.

Respeitar e compreender o luto de uma pessoa é fundamental. Se necessário, você pode encorajar uma pessoa enlutada a procurar a terapia para lidar melhor com esta fase.